A moment of silence

Gente, se tem uma coisa que eu odeio e acho o fim é quando você anda com alguém que fala alto demais ou quer chamar atenção. Normalmente em casa, em família, temos o costume de falar alto, mas fora do ambiente familiar, ninguém merece né?? Não há como não notar, é como se todos os holofotes estivessem sobre ela. Voz e risadas vários decibéis acima do tolerável, histórias de verdades duvidosas, cafonice aguda, roupas espalhafatosas…ninguém merece!! E atire a primeira pedra quem não tem um ( ou vários) amigos assim…

Nada pior do que você num restaurante, hotel ou qualquer lugar do tipo, com pessoas falando e agindo como se estivessem num palco!! É o fim! Dá vontade de enfiar a cabeça debaixo da mesa ou uma rolha no ouvido!!

Quando é um bando de adolescentes, normal né? Eles falam alto por natureza e querem chamar atenção a qualquer custo, afinal os hormônios estão em ebulição. Mas um bando de adultos agindo como adolescentes deslumbrados é o fim! Aghhhh!… Tem aquelas pessoas que não falam alto em lugares púbicos.. até o celular tocar! Daí é o fim! Todas as pessoas que estão ao seu lado e no mesmo ambiente são obrigadas a ouvir e compartilhar do telefonema!

No entanto, o que fazermos quando estamos sendo importunados ou nos sentindo invadidos pelo jeito escandaloso de ser de alguém? Sair de fininho? Dá vontade mas não é correto. Uma dica para quem não agüenta mais ouvir a voz alta e estridente do SER sem educação, é responder com um tom de voz mais baixo ( quem me deu essa dica foi desembargador que tive o privilégio de conhecer). Automaticamente, a pessoa se verá obrigada a continuar a conversa no mesmo volume. Agora, se o caso for outro e não der mais pra agüentar….. Chegar com jeitinho, dizer que o comportamento dele/dela está chamando a atenção de muita gente, está incomodando e, de repente, dar alguma sugestão de mudança.

OK, pode até ser uma boa alternativa, mas os escandalosos não desistem facilmente. O curioso é que, para receber de novo os holofotes, elas acabam exagerando mais ainda. É, de uma forma ou de outra, pelo jeito, eles vão estar sempre dispostos a marcar sua estrondosa presença. De preferência bem longe de mim!!

Algumas dicas:

– Em restaurantes, evite falar alto demais, chamar o garçom de “tio” ou coisa parecida, beber demais ou brindar ruidosamente.

– Toques de celular engraçadinhos não têm a menor graça. Lembre-se que o toque do aparelho serve pra que você perceba que ele está tocando. Se alguém quiser ouvir a música da Marisa Monte vai preferir ouvir a versão original, acredite em mim!

– Falar alto ao celular na rua não é das coisas mais educadas — ou alguém acha bonito falar alto (quem fala no celular SEMPRE fala alto) no meio da rua? você acha mesmo que alguém quer ouvir você dando instruções pra sua emprega ou para o seu marido como sobre como preparar o frango? Pelo menos pare num canto e seja breve.

– Nunca, jamais fale alto no celular no ônibus, a menos que seja alguma coisa extremamente importante. Já é difícil conseguir fazer alguém te ouvir no celular em situação normal, imagine dentro de um ônibus cheio e chacoalhando! Além do mais, aquelas pessoas sentadas ali do seu lado não têm obrigação de ouvir detalhes da sua vida pessoal, sabe?

– Seja moderado onde quer que esteja! Fale sempre num tom razoável, sorrindo de vez em quando, mas sem nunca adoptar uma atitude histérica.

Bem, vocês concordam comigo ou acham que estou sendo muito chata?? Podem comentar please!!

Anúncios

Um comentário em “A moment of silence

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s